Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sexta-feira, 7 de março de 2014

Atualidades nas provas de concursos públicos

Qual o nome do empresário conhecido como "rei do camarote"? Qual o filme brasileiro mais assistido nos cinemas  ano de 2012? Em 2011, a dívida pública brasileira cresceu 10.17%, chegando a R$ 1,866 trilhão, certo ou errado?

Atualidades nas provas de concursos públicos - Blog Ciclos de Estudo™
Muitos se perguntam até que ponto questões como as acima descritas serviriam de parâmetro para aferir a capacidade ou não de um indivíduo para ocupar um cargo público. Ocorre que, concordando os candidatos ou não, as questões de Atualidades sempre estiveram presentes nos concursos públicos, desde os certames mais simples até às complicadas provas da área fiscal.

Não existe muito parâmetro para as provas de atualidades, haja vista que normalmente os editais definem o campo de incidência da matéria de maneira bastante abrangente e genérica (p. ex: fatos atuais veiculados nos principais meios de comunicação, referentes à economia, história, cultura, esportes e política internacional). Pronto, está lançada a sorte aos candidados: a banca vai perguntar sobre quem foi eleito melhor do mundo de futebol, sobre a guerra da Ucrânia ou sobre quem apoiou o golpe militar de 64? Difícil.

É preciso transformar essa matéria, que aparentemente só vem para prejudicar, em pontos a seu favor na hora da prova. Abaixo seguem alguns comentários que pode ser úteis:

Ganhar pontos em provas com mínimo complicado: usualmente, as questões de Atualidades são sempre rápidas, não são como questões de Matemática ou Interpretação de Texto, em que você perde vários minutos na execução. Nas provas em que a obtenção do mínimo é um obstáculo (a famosa P1 do ICMS - SP, p. ex.), ir bem em Atualidades pode te garantir importantes pontos, que valem o mesmo que os pontos conseguidos em questões mais complexas. Portanto, na hora da prova, bata o olho, e se você souber, crave a resposta correta o mais rapidamente possível, não tem muito 'o que inventar'.

Matéria fácil de estudar: apesar da dificuldade em se 'acertar' os temas que cairão na prova, estudar Atualidades é muito mais tranquilo do que qualquer outra matéria. Procure estudar Atualidades todo dia, fora do seu horário habitual de estudo, servindo este tempo como uma espécie de 'relaxamento' dos estressantes estudos de matérias como Contabilidade, Matemática, Economia, etc.

Questões 'bizarras': não adianta reclamar, quase toda prova de Atualidades tem alguma questão estranha sobre algum tema 'nada a ver'. Por exemplo, no ICMS SP foi perguntando qual o filme brasileiro mais visto no cinema em 2014 (a resposta era 'E aí comeu?), fim da picada. Na prova do Senado Federal, em 2012, uma questão perguntou sobre o livro das memórias de uma ex-amante do presidente Kennedy (pasmem, a resposta não era Marylin Monroe, e sim Mimi Alford); isto mesmo, prova do Senado Federal perguntando sobre amante do finado presidente americando John Kennedy. Aceite que a prova de Atualidades vai sempre ter uma dessas, e quase ninguém acerta (a maioria dos acertos vem 'no chute'), não fique nervoso.
É claro que se o conteúdo estiver fora do que diz o edital sempre cabe entrar com recurso.

Redação de atualidades: se exister possibilidade de cobrança de redação de atualidades no certame, é extremamente importante estar estudando a matéria desde antes da publicação do edital, pois uma discursiva mal feita pode por a perder todo um excelente trabalho nas provas objetivas. Geralmente, o tema cobrado em redações é mais 'geral' do que o cobrado nas questões objetivas.

Temas relevantes para provas de Atualidades em 2014

Atualmente, as bancas vêm focando mais questões sobre fatos e temas atuais do que suas correlações históricas, por isso é extremamente importante estar antenado com tudo que de mais importante acontece no mundo, principalmente nos campos da política e meio-ambiente (as bancas adoram isso). Abaixo seguem alguns temas que acreditamos que as bancas explorarão em suas provas:

1- Guerra da Ucrânia;
2- Copa do Mundo 2014 (tanto a parte esportiva quando a política);
3- Mensalão e o STF;
4- Eleições;
5- Comércio Brasileiro (PIB, índices, etc);
6- Situação da Venezuela;
7- Racismo;
8- Questões ambientais.

Acreditamos que as bancas deixarão de lado temas mais 'controversos', como o escândalo do ISS das construtoras em SP, ou o caso Siemens, do metrô paulista.

Bons estudos,
Equipe Blog Ciclos de Estudo™
Compartilhe este artigo:

0 comentários

 
© Blog Ciclos de Estudo™
Posts RSS Comments RSS
Back to top