Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Gatilhos motivacionais - como usá-los no estudo para concurso público



O que te motiva?

O que faz você vencer o cansaço e lutar contra todas as adversidades até seu objetivo?

Esse parece ser um tema batido e desgastado no mundo dos concursos públicos, principalmente nos dias de hoje, onde dezenas de sites e livros abordam questões motivacionais e estudos. Entretanto, devido a importância do assunto, ele será alvo de um dos últimos artigos do ano do Blog, onde destacarei uma visão muito pessoa do tema.

Para começar, é importante descobrir cristalinamente quais seus principais fatores motivacionais. Eu costumo dividir esse fatores em 2 tipo:

1) Fatores do amor
2) Fatores da raiva


- Fatores do amor


Aqui se encontram as motivações ligadas a pessoas queridas (conseguir dar uma boa vida a sua esposa, proporcionar uma velhice boa para seus pais, dar a seus filhos a estrutura que precisam para vencer na vida, etc) e os fatores materiais (comprar aquela casa que sua família deseja, fazer aquela viagem inesquecível, ter aquele carro importado que você tanto sonhou, etc).

Eu, sempre que me encontrava em um momento de cansaço nos estudos, principalmente no período de madrugada, depois dias longos de trabalho, onde o sono apertava demais, costumava pensar em como seria bom poder ter um futuro mais confortável com minha esposa, longe de muitas privações que tivemos que passar. Com isso, eu sempre ganhava no mínimo uma hora a mais de estudo com afinco naquele dia (que somadas fazem toda a diferença no final).

Os fatores motivacionais do amor têm o condão de te puxar rumo ao seu objetivo quando você está em momentos difíceis da sua jornada (e eles são muitos, pode acreditar).


- Fatores da raiva



Nesse ponto, destaco os por mim denominados "fatores da raiva" (ou do ódio). Pode parecer um pouco pesado, mas acredite, por várias vezes a raiva te dá mais motivação do que o amor.

Isso ocorre pois, após visualizar todos os benefícios que o serviço público pode lhe proporcionar, tanto financeiramente quanto em qualidade de vida, é difícil voltar a se conformar com sua situação atual, sem estabilidade, com salário muitas vezes abaixo do que desempenha, não tendo tempo algum para sua família e para aproveitar as coisas boas da vida,

Poder se livrar daquele emprego horrível, que te paga mal; poder se livrar daquele emprego igualmente horrível, que te paga bem mas exige que você perca horas e horas com sua família; poder mostrar para todos aqueles que riem de você por estudar, que acham que concurso é "tudo carta marcada", que é possível passar e você provou isso.


Certa vez ouvi e costumo sempre repetir: o amor te puxa em direção ao seu objetivo, enquanto a raiva te empurra. O ideal é conjugar os dois para utilizá-los no decorrer do seu caminho. Anote um passo a passo matador:

1- Defina seus fatores motivacionais de amor e de raiva.
2- Escreva-os, coloque fotos, internalize-os. Relembre-os sempre.
3- Mãos à obra e trabalho!
Compartilhe este artigo:

0 comentários

 
© Blog Ciclos de Estudo™
Posts RSS Comments RSS
Back to top